A desqualificação dos direitos humanos

A desqualificação dos direitos humanos tem sido uma grande missão da mídia de massas no Brasil. Precisamos entender para que serve essa desqualificação, senão para colocar a opinião popular contra qualquer movimento que pleiteie igualdade, moradia, saúde, educação, direitos dos povos indígenas, direitos das mulheres.

Precisamos estar atentos as confusões e distorções que atribuíram ao termo. Essa foi a maneira de nos ludibriar e destruir a imagem de tod@ aquel@ que luta por pautas progressistas.

Reafirmo mais uma vez meu compromisso de estar a serviço do país, da classe trabalhadora, do companheiro sem teto, do sem terra, do movimento estudantil, do movimento negro, pelo direito das mulheres e de todos os movimentos sociais na luta contra os devoradores de direitos.

Dia do Técnico de Segurança do Trabalho

Comemoramos hoje, 27 de novembro, dia do Técnico de Segurança do Trabalho e do Engenheiro de Segurança do Trabalho, data em que as profissões foram regularizadas aqui no Brasil.

A regulamentação aconteceu em 1985, através da Lei nº 7.410, mas, muito antes desta data, as atividades já eram exercidas.

Quero homenagear a tod@s que se dedicam a oferecer proteção, prevenção e melhores condições de segurança nas empresas para as trabalhadoras e os trabalhadores. Uma profissão que eu escolhi para estudar e trabalhar, a qual sou concursado da Petrobrás. Obrigado pelo cuidado, dedicação e atenção que nos mantêm mais seguros.

Parabéns TSs e ESTs!

Grande abraço!

PARABÉNS À CHAPA 1

Eu, juntamente com a Direção do Sindipetro Bahia, parabenizamos a Chapa1, Unidade Nacional Contra o Golpe, pela vitória nas eleições do Sindipetro Caxias para o próximo mandato de 2017 a 2020.

Parabenizamos pela conquista da confiança de maioria da categoria petroleira em Duque de Caxias, na REDUC, Transpetro e Termoelétrica, por conta do trabalho desenvolvido ao longo dos anos, principalmente na áreas de saúde, meio ambiente e segurança e na defesa irrestrita dos direitos da categoria.

Parabenizamos sobretudo pela história de luta dos mais antigos, principalmente do companheiro Simão Zanardi, que ao longo desses mais de 30 anos de empresa, desde quando ingressou via concurso público na década de 80, demonstrou que estava do lado dos trabalhador@s independente das consequências, a ponto de ser demitido nesse período dentro da ditadura civil/militar e se manteve junto dos petroleiros e petroleiras.

É importante salientar que a chapa também traz renovação. Uma renovação que vem representada por petroleir@s da geração Lula, que ingressaram na empresa a partir do ano de 2002, como as companheiras Aline e Andressa, e os companheiros Luciano, Cardoso, Calixto, entre outr@s igualmente chei@s de coragem e garra para enfrentar esse terrível mau tempo, com tantas perdas de direitos, cortes de efetivo e privatizações.

Parabenizamos também a FUP, CNQ e CUT, por manterem esse sindicato nas mãos de uma central que compreende os prejuízos do golpe para o país e defende a todo o instante o estado democrático de direito e sobretudo os direitos da classe trabalhadora.

Neste momento turvo que o país passa, é importante que tod@s se envolvam na defesa da categoria. Sendo assim, deixo meu convite a tod@s @s companheir@s da CHAPA 2 para que se aproximem e juntos possamos criar possibilidades, moldar um futuro, somente lado a lado poderemos fazer frente aos entreguistas, vendilhões e aos patrocinados do capital estrangeiro! Juntos somos bem mais fortes, juntos podemos construir um Brasil rico e soberano.

PARABÉNS PAULÃO!

Para nós, é uma honra termos como secretário sindical nacional do Partidos d@s Trabalhador@s o nosso companheiro Paulo Cayres, o Paulão da CNM/CUT.

Entendemos que ele representa na CNM, Confederação Nacional dos Metalúrgicos, @s trabalhador@s de uma categoria importante para o Brasil, inclusive categoria de onde nasceu essa liderança sindical e política internacional, que é o nosso presidente Luis Inácio Lula da Silva.

Além dessa representação toda que o Paulão tem nas suas lutas e no seu dia a dia, e de ter ajudado diversas categorias nas eleições sindicais e na organização de setoriais sindicais, em diretórios municipais e estaduais em todo país; Paulão tem o apoio de nosso eterno presidente Lula, para propor, nesse espaço importante que é a Secretaria Sindical do PT, num momento conjuntural tão adverso, a necessidade de termos mais uma vez os trabalhadores e trabalhadoras organizados nos sindicatos, nas federações, confederações, na CUT, reocupando nosso espaço dentro do Partido.

É um momento de reorganização do PT com maior participação dos movimentos sociais, principalmente do movimento sindical e da CUT, que ajudou na construção do PT em âmbito nacional e na transformação do Brasil

“Que herói a direita tem para colocar em camisetas? Pinochet?”

Há tempos, a imprensa golpista trabalha arduamente em suas redações para destruir as estruturas criadas por trabalhador@s e para os trabalhador@s, bem como os ícones, heróis e heroínas, filósof@s, teóric@s e todo conteúdo simbólico de insurgência contra a força do capital e o imperialismo.

Lembro-me de uma matéria de 2007, onde a VEJA gastava uma edição inteira no foco de destruir a imagem de Ernesto Che Guevara e, sem qualquer vergonha, citava na integra o relato de um dos assassinos, onde contava que Che havia sido morto por um sargento bêbado, com pulsos amarrados, desarmado, ferido e indefeso.

Que herói a direita tem para colocar em camisetas?

A imprensa golpista não pode contrapor a Che, pois para fazê-lo teria de discutir a fundo a revolução cubana, seus erros e acertos, seus méritos e deméritos e, ao fazê-lo, lhe restariam poucas vantagens. Optam pelo caminho mais fácil, o da calunia sistemática. Mentem sobre os fatos e silenciam sobre as verdadeiras opiniões do verdadeiro Guevara.

Che vive! Ele vive e todos os seus assassinos serão esquecidos!

Página 1 de 141